17/05

Saiba mais sobre nossos convidados

Roberto Haron Filho é o diretor comercial da empresa Alumiart Falcão. Formado em publicidade e marketing, atua na área industrial há 28 anos, sendo que há 7 anos fundou a Alumiart. Roberto entendeu que fazer o licenciamento de seus produtos era uma oportunidade para alavancar sua empresa com os grandes eventos esportivos que acontecerão no Brasil. Durante essa edição do Papo de Negócio Sebrae 2014, ele vai responder perguntas dos empresários que queiram aproveitar esse momento para também lucrarem com os grandes eventos esportivos.

Rodrigo Pereira é executivo da área comercial do licenciamento da TV Globo, focado no projeto Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. Publicitário e pós-graduado em marketing e vendas, é especializado no licenciamento de marcas e personagens. Com mais de 15 anos de experiência nesse mercado, participou do lançamento e relançamento de várias marcas nacionais e internacionais de sucesso.

Veja os vídeos do dia

Rodrigo Pereira

Roberto Haron

Resumo do dia – 1o. dia

Esta é a segunda edição do Papo de Negócio Sebrae 2014 com os temas licenciamento de produtos e pontos de vendas oficiais da Copa do Mundo FIFA 2014.

Veja o que aconteceu no primeiro dia.

Rodrigo Pereira

Em seu vídeo de apresentação Rodrigo Pereira, executivo da Globo Marcas, empresa licenciada master da Copa do Mundo da FIFA 2014, comentou que a Globo Marcas juntamente com a FIFA estão desenvolvendo o Programa de Licenciamento do maior evento que o Brasil já promoveu e organizou que é a Copa do Mundo FIFA 2014. Ele lembrou ainda que antes da Copa do Mundo, teremos a Copa das Confederações, de 15 a 30 junho de 2013.

Segundo ele, para que todos tenham uma ideia, hoje já são aproximadamente 50 empresas licenciadas, totalizando cerca de 60 linhas de produtos já concretizadas e que estão em fase de desenvolvimento e aprovação. “Muitos desses produtos estarão no mercado em curtíssimo espaço de tempo, até porque muitos desses itens estarão à venda para a Copa das Confederações.” E destacou a linha de confecções e de bonés: “nosso parceiro na linha de bonés foi indicado pelo Sebrae Paraná. A empresa Boneleska é parceira da Globo Marcas e é cliente do Sebrae”.

Rodrigo ressaltou que além de bonés, confecções e calçados, acabaram de ser lançadas linhas de acessórios e brinquedos. “Os fulecos em pelúcia já estão disponíveis para serem comprados. Estão sendo comercializados por um de nossos licenciados”.

Segundo Rodrigo, todas as linhas de produtos licenciados oficiais estão sendo lançados a partir desse mês de maio e se colocou à disposição para discutir com todos os interessados que ainda queiram aproveitar as oportunidades para fazer o licenciamento de seus produtos.

O executivo da Globo Marcas acrescentou ainda que o licenciamento de produtos é uma das ferramentas de marketing mais utilizadas pelas empresas e vários setores da economia hoje. Sejam empresas voltadas aos setores de confecção, calçadista, de alimentos ou acessórios. O objetivo é diferenciar produtos e agregar mais valor à empresa. E lembrou que esse momento, em que teremos um evento como a Copa do Mundo, é o ideal para as empresas licenciarem seus produtos e aproveitar as oportunidades.

No final da gravação, Rodrigo chamou atenção de que para fazer o licenciamento existem requisitos básicos, padrões a serem obedecidos e se colocou mais uma vez à disposição, durante toda essa semana, para sanar dúvidas e quem sabe conseguir mais empresas parceiras da Globo Marcas.

Roberto Haron Filho

Roberto Haron Filho, sócio da Alumiart Falcão, empresa fabricante de produtos personalizados em alumínio, iniciou seu vídeo contando por que resolveu investir no licenciamento de produtos para a Copa do Mundo FIFA 2014. “Decidimos investir na Copa por ser um evento mundial, principalmente, sendo sediado aqui no Brasil”.

O empresário ressaltou que assim que sua empresa tomou a decisão de fazer o licenciamento descobriram no mercado a empresa que fazia a ligação entre a empresa e a FIFA, que é a Globo Marcas. “A partir do contato com a Globo Marcas, passamos por alguns relatórios e reuniões para discutir quais eram os produtos que poderíamos licenciar. E tudo isso depende também se não é um produto repetido”.

Roberto fez questão de destacar que o processo para se conseguir o licenciamento não é difícil a ponto de desencorajar o empresário. Pelo contrário, é bem tranquilo. E lembrou: “a partir do momento em que fechamos o contrato, recebemos uma chave de acesso ao site da FIFA, o que também é uma coisa muito simples. Toda a criação, a arte já está pronta. Você simplesmente tem que buscar no site e adaptar o seu produto.

Sobre esse ponto, o empresário deu a dica: “tenha uma equipe de profissionais, um designer gráfico pode muito bem resolver o problema pra você, que é justamente fazer essa adaptação e colocar nos pontos certos todas as exigências da FIFA. Os textos legais, a logomarca da FIFA, da Copa das Confederações ou da Copa do Mundo. Uma vez passado por essa etapa, você vai levar ao conhecimento da FIFA. Aprovando, você já está apto para começar a produção e vender”.

Roberto finalizou com um recado aos empresário: “minha sugestão para você, empreendedor, é que você se encoraje e tenha confiança naquilo que você está fazendo. Não é nada difícil. Acredite em você e vá em frente. Boa sorte!”

Quer saber mais sobre licenciamento de produtos e pontos de vendas oficiais da Copa do Mundo FIFA 2014? Assista aos videos de Roberto Haron Filho e Rodrigo Pereira.

Twitaço sobre Papo de Negócio Sebrae 2014

Vamos agitar o Twitter com o debate sobre as oportunidades geradas pelos grandes eventos esportivos que acontecem no País? Divulguem nosso Papo de Negócio com a hashtag #papodenegociosebrae2014, tuitando suas impressões sobre o evento.

Anúncios